“MACONHA É A PORTA DE ENTRADA PARA OUTRAS DROGAS” – VERDADE OU MITO ?

Um dos maiores preconceitos com a canabis no Brasil vem da justificativa que a maconha é a porta de entrada para drogas mais fortes. Quantas pessoas já não ouviram isso de pessoas que são contra a legalização da canabis? 

Em mais um episódio de verdade ou mito vamos explorando alguns mitos e verdades sobre nossa querida planta. Ainda não conferiu os últimos 2 episódios da série? Confira: Maconha mata ? e maconha mata neurônios ? 

O que dizem os estudos ?

Apesar de ser uma fala tão usada, ela não se baseia em dados, mas em puro achismo, ou casos isolados. Em um estudo feito pelo Instituto Baker nos Estados Unidos, foram escutadas pessoas com menos de 60 anos, 44% delas já haviam experimentado maconha em algum ponto da vida, e só 7,5% continuou fumando. Desses 44% apenas 12% haviam experimentado cocaína e só 0,6% continuaram usando posteriormente. Em relação a metanfetamina e heroína só 1,6 % haviam experimentado e apenas 0,1 % continuaram usando.

Nessa mesma pesquisa foi apontado que adolescentes que bebem álcool em grandes quantidades tem 12 vezes mais chances de usarem drogas ilícitas do que aqueles que não bebem.  Isso mostra que muitas vezes substâncias que são legalizadas, como o álcool muitas vezes são mais prejudiciais que a canabis.

Como vencer esse preconceito ?

Um meio de ajudar a ter cada vez menos contato entre as drogas mais pesadas é regulamentando a produção da canabis. A partir do momento que locais específicos para a venda de maconha sejam legalizados, diminui o contato dos consumidores com traficantes que incentivam o uso de drogas mais pesadas. Com locais especializados a qualidade da maconha aumenta, e a exposição a drogas mais pesadas diminui. Um exemplo foi o caso da Holanda, que após as vendas em coffe shops o número de consumidores de maconha se manteve e de drogas mais pesadas diminuiu.

Assim cabe a nós pressionar para uma regulamentação da produção e venda de canabis no Brasil, o que pode nos ajudar a diminuir o consumo de drogas mais pesadas, além de possibilitar uma melhor qualidade da canabis em si.

 

Clique aqui para uma recomendação de uma série que se passa em um Brasil fictício em que a maconha foi legalizada e quais as consequências disso.

CIÊNCIA E MACONHA – CARL SAGAN

A associação do uso de maconha com pessoas mal sucedidas já é comprovadamente um mito. Diversos empresários, cantores, cientistas e atletas bem sucedidos já afirmaram

Read More »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.