PICO DA NEBLINA – SESSÃO DA TARDE

Salve salve família! Depois de tanto tempo, o blog do THClub está de volta!! E nada melhor do que voltar com uma recomendação de série pra gastar a brisa nesse começo de ano, né? Dessa vez vamos falar do Pico da Neblina!

Já imaginou como seria o Brasil com a legalização dos usos medicinal e recreativo da maconha? Com certeza! Todos nós já sonhamos com isso um dia… mas sempre imaginamos o lado bom, com aquele olhar utópico, como se tudo fosse um paraíso. Mas, na realidade (e infelizmente), não será bem assim. Nós conhecemos o país em que vivemos e sabemos que existe muita sujeira por trás de tudo. É exatamente isso que essa série mostra!

Biriba (esq.) e Salim (dir.)

Pico da Neblina expõe a provável realidade do povo brasileiro após a legalização e de toda burocracia envolvida na vida de um microempreendedor, além da corrupção que existe por trás de todo o sistema do país.

A série gira em torno dos personagens Biriba (Luis Navarro), Vini (Daniel Furlan) e Salim (Henrique Santana). Biriba é um jovem da periferia paulistana que vive do tráfico e, com a legalização, deseja abrir um negócio próprio para poder trabalhar de forma legal. Vini é um cliente fiel, amigo e que deseja ser sócio de Biriba no empreendimento. Em contrapartida, Salim é o melhor amigo e traficante, que tenta manter Biriba no tráfico de drogas.

Da esquerda para a direita: Digão. Biriba e Vini

Uma brisa maneira à parte, pelo menos para nós apreciadores da ganja, é que Biriba, busca sempre o melhor produto e aprender seus efeitos para ter argumentos convincentes, como um bom vendedor, para isso ele experimenta diversas strains e anota seus aromas, gostos e efeitos.

Por enquanto, Pico da Neblina conta com apenas uma temporada de 10 episódios, com diversas tretas, reviravoltas e brisas, como quando os personagens estão chapados, que fazem com que o espectador mantenha sua atenção presa à tela e instigue sua vontade de ver os próximos episódios. A segunda temporada já foi confirmada, porém sem previsão de lançamento.

A produção, o roteiro, as atuações, entre outros pontos tornam a série espetacular e mostra o potencial que as produções nacionais possuem.

Confira o último post da sessão da tarde – THE MIDNIGHT GOSPEL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.