“MACONHA MATA” – VERDADE OU MITO?

Não é de hoje que a maconha é um tema que gera muitas polêmicas e sofre muito preconceito. Alguns argumentos são verdadeiros de fato, outros parcialmente, porém tem alguns (a maioria) que são usados contra a planta que não são reais e, por serem fortemente difundidos, a maioria das pessoas acreditam que eles sejam verdadeiros. Por isso nessa série vamos falar sobre as verdades e mitos mais populares relacionados à maconha. Seja bem-vindo a mais um “Verdade ou Mito?” do THClub! Se você não viu o último post da série, em que falamos sobre o mito da “maconha queimar neurônios”, clique aqui e confira!

Assim como muitas coisas na vida, a maconha em excesso acaba sendo prejudicial à saúde. A questão é: ela pode levar à morte? A resposta é sim. Mas calma, não se desespere! Até aí, substâncias como a cafeína, açúcar, sal e até mesmo a água podem ser letais. Tudo vai depender da quantidade consumida em um curto período.

Existe um indicativo de letalidade chamado dose letal (DL). O indicador mais comum é o DL50, que corresponde à dose capaz de matar 50% dos indivíduos de uma população teste. Essa resistência varia de indivíduo para indivíduo, mas nunca é uma diferença gritante. Essas medidas de DL são usadas para compreender os limites de cada substância no corpo humano e na maioria das vezes são feitas para substâncias como venenos de animais e remédios.

O ponto é: todas as substâncias possuem uma dose letal. A diferença é que umas possuem uma DL maior e outras, menores. Por exemplo, 48 colheres de chá de sal, 8 L de água, 2,5 kg de açúcar, 400 bananas, 11.000 laranjas, essas são as quantidades de cada uma das substâncias que seriam letais para uma pessoa de estatura mediana com peso de 80 kg, aproximadamente. E para a maconha se tornar fatal, a quantidade fumada deve ser algo em torno de 680 kg em 15 minutos ou comer 22 kg de uma vez.

"Esta é a quatidade de maconha necessária para te matar"

Convenhamos, é praticamente impossível consumir isso tudo em tão pouco tempo. Muito provavelmente você acabaria dormindo antes de fumar 1% da DL (isso se conseguisse chegar a esse número kkk) ou teria passado mal antes mesmo de comer de 5% da DL. Por esse motivo, NUNCA foi registrada uma morte sequer por overdose de maconha na história!

Então essa história de que a “maconha mata”, “causa overdose” não passa de um mito ou uma distorção de um fato que, provavelmente, tenha sido dita por conta do grande preconceito contra a planta.

Voltando para a pergunta do início, podemos concluir que de fato a maconha até pode matar, mas é praticamente impossível. Obviamente que não recomendamos um uso descontrolado e abusivo, só estamos expondo fatos cientificamente comprovados para que esse preconceito contra a ganja seja abolido. Até porque o fato de não haver risco de overdose não significa que o consumo exagerado não possa ser prejudicial.

 

Fontes:

https://www.megacurioso.com.br/ciencia/104549-voce-sabe-quanta-maconha-seria-necessaria-para-matar-alguem-de-overdose.htm

https://www.megacurioso.com.br/corpo-humano/20401-e-possivel-ter-uma-overdose-de-maconha-.htm

https://kingbong.com.br/blog/tem-como-ter-uma-overdose-de-maconha

https://incrivel.club/admiracao-curiosidades/que-quantidade-destes-15-produtos-pode-ser-fatal-303810/

https://twitter.com/meliarobin/status/794590420047007744/photo/1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.